top of page

"Luz Contínua" para Caroline Meksraits

Agora o blog vai ter um espaço especial para os fotografados por mim, o "Luz Contínua". Aqui vou entrevistar alguns artistas que tive o prazer de realizar o ensaio fotográfico.

A primeira entrevistada é a jovem cantora (23) Caroline Meksraits, que me procurou para fazer fotos novas para o lançamento do seu EP "Drama". Acompanhem aqui um pouco mais dessa dedicada e talentosa cantora Porto Alegrense.


Caroline Meksraits deitada em fundo vermelho
Caroline Meksraits


Quando começou a cantar e quando percebeu que esse poderia ser o seu caminho na arte?

Sempre gostei muito de cantar e inventar letras e melodias, desde muito pequena. Lembro de ter uns 3 anos e fazer shows pra família, com cantorias dos desenhos animados que eu assistia e canções que eu mesma criava, falando sobre meus animais de estimação. Cresci assistindo Disney Channel e sempre fui fascinada pelas produções e pelo trabalho de todos aqueles artistas, fosse no mundo da música ou do cinema. Porém, apenas com 17 anos, comecei a fazer aulas de canto. Além disso, as composições se tornaram mais frequentes e terapêuticas para mim. Com influências de Ed Sheeran e Taylor Swift comecei a transformar os meus sentimentos em música, o que acabou se tornando algo indispensável na minha vida e uma das minhas coisas favoritas de fazer. A partir daí, fui me aperfeiçoando e, aos quase 20 anos, decidi que gostaria de lançar o meu primeiro EP de músicas autorais e me dedicar a carreira musical.


Caroline Meksraits sentada em um fundo branco olhando para cima

Qual o seu estilo musical?

Meu estilo musical é pop/rock.


Quais são as maiores referências?

Cresci sendo fã da banda Jonas Brothers e virei fã do Rock a partir deles. Também fui influenciada pelo Ed Sheeran e Taylor Swift e, mais tarde, Billie Eilish, Jão e Olivia Rodrigo.


Como foi o processo de gravação das suas músicas? Qual a sua inspiração?

A minha maior inspiração para a composição do novo EP foi um coração partido (acho que a dor pode ser bastante inspiradora). Escolhi as músicas de forma que contassem uma história e se completassem, cada uma representando uma fase diferente do coração partido. A partir do momento que as músicas estavam

escolhidas, chamei o produtor musical Thomas Cassol para que pudéssemos produzir cada uma delas. Foram uns 2 meses intensos de estúdio e mais 1 mês para a mixagem e masterização das músicas.



Onde podem ser ouvidas as suas canções?

Elas podem ser ouvidas em todas as plataformas de Streaming para músicas como Spotify, Youtube, Apple Music, Amazon e Deezer.


Como você vê o cenário musical para novos artistas? Existe exigências além da música, como posicionamento em redes sociais e etc?

Hoje em dia é difícil se destacar no meio da música sendo artista independente. Os recursos e investimentos normalmente são baixos e, na maioria das vezes, o artista fica responsável não só pela música, mas também pela divulgação e administração da carreira. Também é de extrema importância o uso correto das redes sociais para a divulgação do trabalho e formação do público, mas também é muito difícil se destacar nelas, já que é o que a maioria das pessoas tentam fazer.


Caroline Meksratis em um fundo preto, segurando um microfone

Onde podemos assistir a Caroline Meksraits?

No meu instagram (@carolinemeksraitis) Tik Tok (@caroline.meksraitis) e YouTube (Caroline Meksraitis).


Qual o próximo passo na sua carreira?

Acredito que o próximo passo seja a divulgação do meu novo lançamento e continuar com o desafio que estou fazendo nas minhas redes sociais de escrever 100 músicas em 1 ano, tentando alcançar um público maior.


Se você pudesse cantar uma última música antes de morrer, qual seria?

Que pergunta difícil… acredito que essa resposta vá mudando ao longo do tempo, mas, atualmente, acho que seria Vienna, do Billy Joel. É uma das minhas músicas favoritas.

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page